Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Julho 22, 2011

A aberração da Caixa

Miguel Marujo

Num país onde a banca é poupada ao sacrifício ou mesmo a pagar a taxa que qualquer outra empresa paga, a Caixa, o banco pago por todos nós, anunciou a remodelação da sua administração para criar não uma, mas duas equipas: Faria de Oliveira sai de presidente, mas fica presidente não executivo, cargo que não existia, e chama-se um vice-governador do Banco de Portugal para presidente executivo.

 

Alguém explica este crescimento de sete para 11 administradores, quatro não executivos? E quanto ganharão estes não executivos?

 

Outro pormenor: como se escreveu no post anterior, Nogueira Leite, "vice" de Passos, é novo "vice" da CGD. Fosse com Sócrates e um socialista e a direitalha dos blogues rasgava as vestes pelos boys socialistas, como é com este governo, a coisa passa. Deve estar no memorando da troika.

1 comentário

Comentar post