Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Julho 19, 2011

Cristo entraria na Católica?

Miguel Marujo

António Marujo (Público, 19.7.2011)

 

«Seria um homem andrajoso, vestido com uma túnica, usada, suja e cheia de pó, de quem andava muito a pé pela Galileia, barba e cabelos desalinhados. Doze séculos depois, outro homem, um saco de serapilheira castanha escura, toscamente cozida, vagueava pelas terras da Úmbria italiana, falando sobre a importância do despojamento. Seriam assim Jesus Cristo e Francisco de Assis (a túnica usada pelo Poverello pode ser vista, aliás, em Assis).

Mais recentemente, outros tinham a mesma atitude: o Abbé Pierre, que morreu em 2007, usava vestes pobres, mas mesmo assim foi exemplo para muitos. Algum deles poderia ser professor ou aluno da Universidade Católica? Sem vestuário “digno e conveniente”, talvez tivessem que ficar à porta.

Uma universidade não é uma praia, claro. Por isso usamos roupa diferente em diferentes situações. Trata-se de bom senso. Mas nunca entendi a ditadura segundo a qual um homem só está bem vestido com fato e gravata (as mulheres têm mais liberdade), nem os Estados que querem impor códigos de vestuário — sejam os talibãs afegãos ou a laica França.

Espera-se, assim, que prevaleça a “chamada de atenção” referida pelo reitor. Mas há uma ideia perversa: a de que cada um vigiará a “salvaguarda do ambiente e da imagem” da UCP, “devendo chamar a atenção dos que se apresentarem de maneira imprópria”. O gosto pessoal dita a regra do alheio? Quem diz o que é “impróprio”?

O Conselho Académico de uma universidade católica poderia concentrar-se, por exemplo, na importância de criar alternativas à ditadura financeira dominante. E em que nela se ensinassem mais valores de acordo, por exemplo, com os apelos do Papa à “refundação do sistema financeiro” e menos com a formação de elites que reproduzem o desejo de lucro dos “mercados”.»

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    F. reis

    20.07.11

    Todas as opiniões este blog, se destinam a rebaixar uns aos outros, eu li a noticia da católica sobre as maneiras de vestir de alguns estudantes . A minha opinião e diferente a chamada de atenção e para aqueles alunos que se apresentam com as calças abaixo das nádegas com parte das cuecas de fora e de enfias nos pés cheios de metais na face para essas pessoas também acho bem uma universidade seja ela qual for é onde se formam pessoas algumas no futuro nos irão governar e um pouco de boas maneiras não faz mal a ninguém
  • Sem imagem de perfil

    Não sou de comentar

    20.07.11

    Não, Fernando, no meu caso a intenção não foi de rebaixar os outros. Aliás, devo dizer que me faz confusão essa atitude. Talvez por isso não me motive andar a comentar o que quer que seja - parece que a maioria não está disposta a trocar opiniões de forma saudável e construtiva. Não me consegui abster, nesta situação particular, mas o comentário surgiu em solidariedade para com o autor do blog e penso que até poderia contribuir para que os intervenientes tivessem um pouco mais de ponderação na sua análise ao texto - para concordar ou discordar. No meu caso, não posso acrescentar mais nada - concordo em absoluto com o raciocínio apresentado.

    Exactamente tomando o F Reis como exemplo - leia o que escreveu e compare com o texto que comentou:

    "Uma universidade não é uma praia, claro. Por isso usamos roupa diferente em diferentes situações. Trata-se de bom senso. " ( existe aqui uma concordância explícita com o acto de censurar e penalizar a falta de bom senso ).

    A questão não é a opinião diferente. A questão é que o F Reis, como muitos dos que comentam. pretendem discordar da opinião expressa no texto, concordando com ela, sem se aperceberem disso.

    Perante esta troca de opiniões que nada tem a ver com o assunto, pura e simplesmente, não insisto mais.

    Agradeço-lhe o facto de me ter dado a oportunidade de esclarecer a minha intervenção.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.