Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Junho 21, 2011

Nobre, salsicha

Miguel Marujo

O nobre povo representado na câmara deu um tiro no nobre: caiu ao segundo disparo, sem alcançar os 116 votos necessários, nem mesmo os 108 votos que só os seus pares garantiam. O nobre caído não é um independente que foi sacrificado por isso. Pelo contrário: era um independente que se vestiu de camisa de varas para pedir uma única coisa, a cadeira que ontem lhe negaram. E não foi ontem que o nobre outrora dito independente a perdeu, foi numa serena manhã de um sábado quando disse que só concorria à procura do lugar.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.