Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 23, 2011

"Vitória histórica"

Miguel Marujo

Cavaco perdeu à primeira (contra Sampaio, para quem não se lembre);
Cavaco ganhou à segunda, à tangente;
Cavaco ganhou a reeleição (a terceira vez), com a mais baixa percentagem de sempre de um presidente reeleito - não chegou aos 53 por cento.
Cavaco foi reeleito com a maior taxa de abstenção de sempre em presidenciais (53,37%).

Cavaco foi reeleito com o maior nº de sempre de votos nulos e brancos em presidenciais (1.93%+4.26%).

Uma "vitória histórica", de facto.

 

 

 

[contributo do mano]

7 comentários

  • Imagem de perfil

    Miguel Marujo

    24.01.11

    é um facto, Miguel, ele ganhou... mas o mau ganhar foi o dele, com um discurso vingativo, de agradecimento aos portugueses que votaram nele e não a todos os portugueses que foram votar... e o indesmentível, que o Miguel não desmente, são os dados factualíssimos que este post apresenta e que mostram que ganha um presidente fragilizado, pequenino, que tem uma visão mesquinha do seu exercício como presidente.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo

    25.01.11

    Cavaco ganhou e foi merecido. Não fez uma campanha suja como os seus parceiros, nunca se ouviu da boca dele a dizer mal de quem fosse. E não é mesquinho é sim educado hoje em dia são poucos aqueles que o são.
  • Imagem de perfil

    Miguel Marujo

    25.01.11

    honesto duas vezes... como se vê no BPN, na casa da Coelha, ou em tempos na marquise de Possolo...
  • Sem imagem de perfil

    Carlos Capitão

    26.01.11

    Ó amigo marujo, por que é que continua a falar do BPN e da casa do Cavaco no Algarve? Você não ouviu a explicações que o homem deu? Ele não disse, mais do que uma vez e publicamente, que aplicou, em 1999, as suas poupanças em quatro Bancos e que nuns ganhou e noutros perdeu, como acontece a quem confia as suas economias a estas instituições. Você não sabe que nos últimos dois anos houve títulos, na Bolsa de Lisboa, que aumentaram mais de duzentos por cento? Isso é crime? Por outro lado, não ouviu o Alegre a falar do documento que encontraram na PIDE, subscrito pelo Cavaco? Eu até estou com receio que também encontrem lá um assinado por mim, quando era jovem e andava a tentar arranjar emprego, um erro grave, parece. Você não leu a entrevista que o Fantasia deu ao JN, onde ele explicou, sem deixar dúvidas, o que se passou no Algarve à volta da casa, tudo desligado do BPN? Nós, quando nos metemos nestas coisas, devemos procurar ser verdadeiros, não dando eco a inverdades, como agora se diz. O Cavaco teve toda a razão para se mostrar agastado com os candidatos que tentaram beliscar o seu carácter. Se fosse comigo, reagia pior. Compreendo o Soares, que é um bonacheirão, e que vestiu a pele de político, área onde se permitem muitas liberdades, que ele usou e, até, às vezes abusou, como quando acusou o Freitas do Amaral. Mas o Cavaco não é igual ao Freitas, pois nunca muda de camisola, parecendo-me, até, que nunca vestiu inteiramente a do PSD. Concluindo, não gostei nada do seu comentário. E é tudo.
  • Imagem de perfil

    Miguel Marujo

    26.01.11

    Eu não acredito em histórias da carochinha, o Carlos Capitão pelos vistos sim...
  • Sem imagem de perfil

    Carlos Capitão

    26.01.11

    Amigo Marujo: Já percebi que não vale a pena gastar cera com tão ruim defunto. Você não me desmente, apenas me chama infantil, a mim que, seguramente, podia ser seu pai. Assim não vale. Desisto e pronto. Muita saúde é o que lhe desejo.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.