Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Janeiro 23, 2011

"Vitória histórica"

Miguel Marujo

Cavaco perdeu à primeira (contra Sampaio, para quem não se lembre);
Cavaco ganhou à segunda, à tangente;
Cavaco ganhou a reeleição (a terceira vez), com a mais baixa percentagem de sempre de um presidente reeleito - não chegou aos 53 por cento.
Cavaco foi reeleito com a maior taxa de abstenção de sempre em presidenciais (53,37%).

Cavaco foi reeleito com o maior nº de sempre de votos nulos e brancos em presidenciais (1.93%+4.26%).

Uma "vitória histórica", de facto.

 

 

 

[contributo do mano]

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    C. Serra

    24.01.11

    É, de facto, uma vitória legítima.

    Mas se votaram apenas 47% dos eleitores inscritos, conseguir 53% de votos a favor, significa que teve o voto de menos de 25% dos eleitores.

    Não sei se isso o diminui ou não. Ele é que sabe. Eu, no lugar dele sentir-me-ia desconfortável. Para mais, com todas as trapalhadas de que, entretanto, tivemos conhecimento, e que numa democracia evoluída o teriam impedido de ser eleito.

    Além de que, se continuar sem esclarecer todos os seus negócios, ensombrados pela suspeita, será sempre um homem fragilizado.

    O rancoroso discurso de ontem constituiu um episódio lamentável.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.