Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Novembro 19, 2010

Eternidade

Miguel Marujo

Para sempre. Sentenciou Teixeira dos Santos sobre a redução dos ordenados da função pública. O que nos vale, é que o para sempre teixeiriano é pouco condizente com a eternidade. Na arte da política este para sempre santista fina-se na sua demissão, ou (ainda mais hipócrita) nas necessidades de uma próxima campanha eleitoral.

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.