Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Outubro 22, 2010

30 dias

Miguel Marujo

Todos, mas mesmo todos, me disseram o mesmo: tantas férias. Em vão explicava que não eram só férias. A estas juntei 30 dias de licença parental, como me permite a lei e deu nisto - um tempo de pausa profissional, recheadinho de coisas boas. A lista será interminável, e ainda working in progress, mas antecipo já algumas dessas coisas:

- já se senta, atenta a ver o que acontece,

- e tenta apanhar tudo o que vê em volta: se não consegue, lá fica deitada e a tentar o que o corpo ainda não faz: gatinhar...

- sou obrigado a acordar com um patinho na mesinha de cabeceira,

- à sopa sempre se torceu o nariz, o que deixou de acontecer com a carne - não será vegetariana...

- a gargalhada solta-se inesperadamente, dobrar o riso, como dizem os pediatras...

 

Sim, 30 dias são infinitamente poucos. Digam o que disserem da produtividade e dos orçamentos e dos custos. (To be continued)

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.