Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Setembro 02, 2008

O estado das coisas

Miguel Marujo

Desde o início se percebia o erro clamoroso e grosseiro da prisão de Paulo Pedroso, primeiro sublinhada pela sua não ida a julgamento, que o advogado de Carlos Silvino sempre fez por esquecer no referido julgamento, e agora confirmada com esta decisão. O que é espantoso é achar-se que a PJ e o MP tinham bases para fazer avançar as queixas. Quem leu a acusação percebia que o Zé da Tia Anica podia ser tão acusado como Paulo Pedroso, ou Herman José, que estava no Brasil à data de factos imputados... Enfim, um mar de erros grosseiros, que não retiram o ónus que Paulo Pedroso carregará.

3 comentários

Comentar post