Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 22, 2008

Recordes de estupidez

Miguel Marujo

Nem com uma medalha de ouro o jornal-supostamente-desportivo que se diz o mais vendido consegue dar um destaque digno à notícia do dia (onde é que eles terão aprendido jornalismo?). E é este o país que grita com o dinheiro dos olímpicos.

 

[refiram-se as excepções: A Bola e, ainda mais, O Jogo souberam o que hoje era acessório: o futebol.]

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Miguel Marujo

    28.08.08

    Os seus exemplos, Luís Maia, falam por si: fala-me de futebol, futebol, futebol. Aqui a (falta de) notícia é Desporto, o que há para além do futebol. Ah! A Bola tinha uma chamada digna, tratava de Nélson Évora como manchete e tema principal do dia, mas O Jogo, para falar de um jornal que não será conhecido pelas suas simpatias benfiquistas, trazia-o em toda a largura e altura da página. E não dê exemplos de futebol. São esses que eu critico...
  • Sem imagem de perfil

    Luis Maia

    28.08.08

    Eu não lhe falei de futebol,futebol, futebol.

    Falei de jornais e jornaleiros que puxam pela clubites a troco do que deveria ser a sua isenção.

    A Bola nem se fala é tendenciosamente benfiquista.
    Mas no caso que apresentou foi o Record, aqui é um bom exemplo do que quis dizer. Nelson Evora medalha de ouro vai em rodapé, um tal Reyes que joga (há de jogar) no Benfica destaque 1ª pagina
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.