Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Agosto 20, 2008

Divorciados

Miguel Marujo

Alguns bispos, os partidos de direita e a Associação de Famílias Numerosas rejubilam com o veto de Cavaco à lei do divórcio. Diz o Presidente que quer o proteger o elo mais fraco, como se a actual lei protegesse alguma coisa. O porta-voz da Conferência Episcopal (e não a Igreja, onde há muitos divorciados) disse à Lusa que a Igreja compreende que há situações difíceis para a vida das pessoas e que atingem muitas famílias, mas frisou que "o regime jurídico deve defender a unidade da família porque ela é um bem para a sociedade". Mas se essa unidade for um terror diário, a Igreja prefere falar da indissolubilidade do casamento.

 

(E mais uma vez esta ideia: a Igreja isto, a Igreja aquilo. Lamento: eu também sou Igreja e não me revejo nestas declarações avulsas e cegas de alguns bispos e de umas famílias numerosas. E não deixa de ser curioso que o ataque seja a uma lei redigida entre outros por... Rosário Carneiro.)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.