Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cibertúlia

Dúvidas, inquietações, provocações, amores, afectos e risos.

Julho 21, 2008

O virgem jornalismo das prendas

Miguel Marujo

É uma realidade sobre a qual um véu de silêncio se mantém: além da pressão dos departamentos de marketing e comercial dos próprios jornais, como a que relatei antes, há um mundo de oferendas a jornalistas com objectivos pouco claros. Qual é o limite que se estabelece para o gadget novo que se recebe - para divulgação - ou para a caixa completa de DVD com os Sopranos - para recensão? Que expectativas tem o divulgador ou produtor desse bem ao fazê-lo chegar ao jornalista? Ou o mundo das viagens oferecidas para isto e para aquilo, o que leva a que os jornais desinvistam em estar nos acontecimentos por critérios editoriais e aproveitem antes a boleia da editora ou da Presidência da República. O debate que falta fazer ao jornalismo é um mar de inquietações e dúvidas. Mas prefere-se sempre a manchete dos congressos médicos ou das promiscuidades empresariais.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.