Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


A hora mudou

por Miguel Marujo, em 30.10.11

Paulo Portas anda pela Venezuela para negociar com Chávez, um governo pária para a direita quando o governo era (o) outro. Na hora certa, a realpolitik fecha os olhos e muda os ponteiros. Para a hora de Inverno. Eles chamam-lhe diplomacia económica.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O óbvio

por Miguel Marujo, em 29.10.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Novo mundo

por Miguel Marujo, em 29.10.11

Cavaco Silva descobre pasmado um novo mundo: «O Presidente da República, Cavaco Silva, defendeu hoje que a insuficiência de regulação e de transparência está a colocar mesmo as economias mais desenvolvidas "à mercê da volatilidade dos mercados" e apelou à concertação internacional.»

 

«O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, afirmou hoje na Cimeira Ibero-Americana que o Governo português está a promover "uma ampla concertação social" em apoio a reformas estruturais para "estimular a actividade económica" e "modernizar os serviços do Estado".»

Autoria e outros dados (tags, etc)

Jesus é judeu

por Miguel Marujo, em 29.10.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Do empobrecimento

por Miguel Marujo, em 29.10.11

Nicolau Santos, Expresso

Autoria e outros dados (tags, etc)

No 738

por Miguel Marujo, em 28.10.11

No autocarro, o olhar dela fixava-se na lista de números do telemóvel. Do outro lado ele atende, conversa inaudível no amarelo da Carris. Quando desliga nem se apercebe da fatalidade que se inscreve no visor do telemóvel: "Amor. Chamada terminada."

Autoria e outros dados (tags, etc)

Acabar com o Estado

por Miguel Marujo, em 28.10.11

O Governo quer dar cabo das funções sociais do Estado e da presença do Estado - diz que não, argumenta com a defesa desse mesmo Estado, mas depois pela calada actua como se não quisesse deixar pedra sobre pedra nas fundações básicas do País. Exemplos ao acaso: a destruição lenta do Serviço Nacional de Saúde, para garantir a saúde dos privados e seguradoras, como se percebe no vergonhoso movimento para fechar a Maternidade Alfredo da Costa; o grosseiro aumento dos transportes públicos penalizando uma concepção ambiental de cidade e quem menos tem; e agora a ideia peregrina de fechar o metropolitano de Lisboa às 23h00, e nalguns casos às 21h00 - nas linhas entre o Campo Grande e Odivelas e entre o Colégio Militar e a Amadora, ou seja no serviço para os arredores, numa versão que volta a beneficiar o uso do transporte privado.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tablets

por Miguel Marujo, em 26.10.11

Autoria e outros dados (tags, etc)

Incomoda-me, pronto

por Miguel Marujo, em 26.10.11

«Com toda a certeza por falha minha, não percebo a pergunta. Durão? Guterres? Para o assunto em análise não me parece que seja minimamente relevante, nem me incomodo a pensar, um segundo que seja, nisso.

Digo-te o que me incomoda. Incomoda-me gente que reputo de honesta atribuir toda a culpa da nossa situação actual ao anterior Governo. Gente essa que sabe ou devia saber que isso é uma redonda mentira  e mesmo assim repete essa lenga-lenga. Incomoda-me que as pessoas ignorem a maior crise económica e financeira dos últimos cem anos e as suas consequências numa economia pequena e periférica como a nossa. Incomoda-me que tenham descoberto os problemas da Europa e do Euro há meia dúzia de semanas. Incomoda-me que se ignore olimpicamente que antes da crise a nossa dívida pública estava na média europeia. Incomoda-me a conversa criminosa do “viver acima das nossas possibilidades” quando dois milhões de portugueses vivem na pobreza e uma larga maioria dos portugueses sobrevivem com menos de 750 euros mensais que um tipo que ganha 3000 euros seja considerado rico. Incomoda-me que me tenham dito que com cortes nas gorduras e nos gastos intermédios se iam solucionar todos os problemas. Incomoda-me que se tivesse jurado a pés juntos que não se iam subir impostos e depois foi o que foi. Incomoda-me ver um PM dizer que a solução é o empobrecimento. Incomoda-me o estado da justiça, das empresas, dos sindicatos, e, sobretudo, de sentir que estamos numa descida muito íngreme e que vamos espetar-nos definitivamente sem que ninguém faça nada contra isso. Incomoda-me o tiro ao alvo aos políticos e incomodam-me os políticos que dão azo a que isso aconteça. Incomodam-me muitas mais coisas, mas não chegavam mil posts para as dizer todas.

Mas, mais que tudo, chateia-me estar sempre a repetir que achei o anterior governo  péssimo como se tivesse necessidade de arranjar uma desculpa para poder criticar este. Pior, chateia-me começar a sentir que este é capaz de se tornar ainda pior que o anterior.»



Pedro Marques Lopes

Autoria e outros dados (tags, etc)

[Livro de Receitas em tempos de crise]

por Miguel Marujo, em 25.10.11

«Sardinhas de escabeche à moda do Gaspar

Ingredientes (para 8 pessoas)

1 sardinha de Sesimbra
3 colheres de sopa de azeite marca Herdade Senhor dos Aflitos
3 colheres de vinagre marca Quinta da Roubalheira - OE2012
1 c(h)alote

Para o acompanhamento
O discurso televisivo do Gaspar de apresentação do OE2012

Este prato, muito económico, é uma recriação da famosa e tradicional receita portuguesa de antanho conhecida como “uma sardinha dava para três”; mas, claro está, devidamente adaptada aos tempos que correm e aos preceitos da “nouvelle cuisine”. É ideal para festas com amigos e reuniões familiares.

Frite a sardinha numa colher de azeite. Escorra. Use a declaração de impostos do ano passado para retirar o excesso de gordura. Refogue o c(h)alote usando mais uma colher de azeite. Corte a sardinha em 14 partes. Retire duas e meta-as ao bolso. Retire mais cerca de 5% a 8% dos lombos e meta-os ao bolso. Deite o c(h)alote refogado por cima das espinhas, do rabo e da cabeça sobrantes e tempere com o resto do azeite e o vinagre. Reserve. No momento de servir ponha o Gaspar a falar na televisão (ou no computador) da sala de jantar. Entre indisposições, súbitas faltas de apetite e adormecimentos vai sobrar-lhe comida para a refeição seguinte.« [roubado ao Filipe Reis, no seu facebook]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tertúlia [pub]

por Miguel Marujo, em 25.10.11

O IDP apresenta: esta quinta-feira, às 21h30, no Príncipe Real (em frente ao pavilhão chinês) - Fabrico Infinito / BABEL

Autoria e outros dados (tags, etc)

Os direitos são adquiridos só para alguns

por Miguel Marujo, em 24.10.11

«Ontem, o DN trazia a listagem dos gestores de topo com pensão vitalícia para ex-políticos. Hoje, o jornal anuncia a intenção dos partidos da maioria de eliminarem as pensões aos ex-políticos que ganhem do privado. Rosa Azevedo já leu. Pode ouvir aqui.
"É um direito adquirido", diz Ângelo Correia, aqui. O ex-deputado e ex-ministro aceita corte mas não abdica da pensão.»

 

[Susana Barros, in Sem embargo]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sem limites para o decoro?

por Miguel Marujo, em 24.10.11

O ministro da Administração Interna veio vitimizar-se, dizendo que abdica de um direito que a lei lhe dá - o de pedir subsídio de alojamento, apesar de ter casa em Lisboa e fazer a sua vida na capital desde 1987 (com um intervalo de 2002 a 2005). O senhor ministro não se lembra que o Governo de que faz parte obrigou milhares de funcionários públicos a abdicarem sem mais a subsídios que a lei lhes dá. A hipocrisia deste governo não tem limite. Nem decoro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O palhaço rico que não se olha ao espelho

por Miguel Marujo, em 23.10.11

 

«A Função Pública tem de se lembrar que têm um patrão falido, e que se fosse um patrão privado, falia, e as pessoas perdiam o emprego.» Quem o diz é Mira Amaral, presidente do BIC, o senhor que não se importa que este patrão falido lhe pague uma pensão vitalícia por meia dúzia de anos a fazer de conta que era ministro.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Diferenças

por Miguel Marujo, em 21.10.11

Ainda consigo discernir sobre a diferença relevante entre uma boa rapariga e uma rapariga boa. Mas ultrapassa-me a distinção entre alta velocidade e velocidade alta.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/2





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES





    Sitemeter