Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Festa

por Miguel Marujo, em 31.01.09

Há um ambiente permanente de festa e contestação, a manifestação feita mais do que meras passeatas (o nome com que no Brasil se diz da manif), em que a palavra de ordem é acompanhada do gesto e do corpo. Dar o corpo ao manifesto, é tradução literal para o que aqui se vê: índios que pintam branquicelas, jovens que tatuam liberdade. E há o carimbó que se entranha no corpo. Terra danada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A chuva que foi ficando

por Miguel Marujo, em 31.01.09

Ontem a chuva veio um pouco antes das 15h, e foi ficando... Demorou-se pelas ruas de Belém, encantou-se com o verde do Amazonas que espreita a cidade. Assim, não dá tréguas a quem não se habitua ao calor que se pega, aos cheiros que se metem connosco. Refrescante. Muito longe da chuva que, dizem-me, cai sem parar em Portugal. O clima tem uma maneira particular de mostrar a cara de um país.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Há uns anos, ainda no Portugal Diário, contactaram-me porque teriam uma história fabulosa que envolveria o ministro do Ambiente. Fui, ouvi, tomei apontamentos, e comecei a perguntar: documentos, pessoas com quem falar, algo mais substantivo que o simples ouvi dizer. A história acabou por cair. Uns tempos depois acabou no Independente, imediatamente antes das eleições. Como tentaram comigo, terão tentado com outros. Nem todos terão publicado ouvires dizeres.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Situacionismo (pergunta básica sobre jornalismo)

por Miguel Marujo, em 31.01.09

Continuo à distância a ver os jornais portugueses para verificar uma overdose sobre o Freeport. E leio a bomba da manhã: as luvas pagas a Sócrates, como garante uma "secretária" de um tipo da empresa. Depois vou ler a notícia e constato: 1. a PJ ouviu a senhora em 2004; há cinco anos! Pelos vistos não viu ali matéria para avançar; 2. mais importante ainda - a senhora "ouviu dizer". Desde quando é que ouvir dizer é facto jornalístico?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Situacionismo (bengaladas)

por Miguel Marujo, em 31.01.09

Pacheco Pereira merece bengaladas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Situacionismo (caso prático)

por Miguel Marujo, em 30.01.09

Há um português que fora do país é admirado, ouvido com atenção, aplaudido de pé, como sociólogo que é, pensador. Hoje aqui em Belém havia um bruáá em crescendo com a intervenção de Boaventura Sousa Santos, é dele que falo. Mas como o homem é de esquerda, com ideias eventualmente subversivas, isto já não preocupa os situacionistas.

Autoria e outros dados (tags, etc)

A princesa e o sapo

por Miguel Marujo, em 30.01.09

A história muda de local.

Autoria e outros dados (tags, etc)

[um regresso instantâneo à terrinha]

 

Antes de partir para Belém, falei do verdadeiro situacionista, Pacheco Pereira. Espreitei hoje o seu Abrupto-Povo Livre para constatar que

1) Pacheco Pereira regressou a 1975, onde os meninos do MRPP gostariam de ditar a voz do povo, em todos os jornais.

2) José foi em tempos de Casa Pia uma voz quase rara de alguma lucidez na histeria antipedófilos-todos-arrumadinhos-no-PS, mas agora, porque lhe dá jeito, inverte o discurso e usa o argumentário que antes criticou para atacar o PS e Sócrates. Basta escrutinar o que o senhor escrevia, apesar de ele não gostar de escrutínios.

3) Ainda comentei por mail, também antes da partida, a atitude dele no seu blogue. Apesar de ele publicar mails dos seus leitores, dizendo que eles fazem o Abrupto, está visto que é muito selectivo nos leitores. Como nada publicou, deixo aqui essa correspondência inédita de JPP:


Pasmo com a análise furiosa que o sr. se presta ao caso Freeport. Tanta luva de pelica com outros casos de justiça morrem por terra na sua análise a este caso, talvez (retiro talvez), apenas porque envolve José Sócrates.

Curioso, curioso, nunca lhe li uma linha abrupta com o mesmo apontar de dedo sistemático sobre o estranho caso dos sobreiros de Benavente e o militante Jacinto Leite Capelo Rego do CDS, nos tempos de Durão-Portas. Mais: o sr. sublinhou a mentira grosseira de Manuela Ferreira Leite sobre a Lusa e o TGV e Espanha, sem nunca cuidar do bom nome do jornalista correspondente em Madrid.

O situacionismo é o que lhe convém. Apenas e só.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Euforia à porta do Ginásio da Universidade Estadual. Chávez, Morales, Lugo e Correa estão para chegar. Por todo o lado, livrinhos-quase-vermelhos de Hugo, as t-shirts com Lenine, a luta continua, Uh, ah, Chávez no se vá, canta-se. Pop stars da luta bolivariana, o calor aperta, bebo um guaraná. Três reais, que é como quem diz a espoliação dos privilegiados. Fica bem ali.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Territórios

por Miguel Marujo, em 29.01.09

O Fórum Social Mundial decorre em vários sítios de Belém do Pará, o chamado "território do Fórum", na descricão das autoridades. Os principais são dois campos universitários enormes, que obrigam a caminhar muito. Mas junto a eles, há uma verdadeira imersão neste Brasil de contrastes. Imensos bairros-quase-de-lata, caídos à beira da estrada, que deviam interpelar mais quem aqui está do que, de facto, acontece. Afinal, há uma fronteira que separa estes territórios.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Como saber as horas em Belém

por Miguel Marujo, em 28.01.09

Pelas 15, 16 horas, chove. Nao engana.

 

[24 horas depois, actualize-se: sim, volta a desabar a cântaros, e a hora portuguesa do post engana; cá são menos três horas...]

Autoria e outros dados (tags, etc)

Agora sem acentos

por Miguel Marujo, em 28.01.09

Hoje arrancam debates, sessoes, exposicoes, mostras, manifestacoes. Espreito rapidamente na sala de imprensa os jornais portugueses e descubro-os todos preocupados com um porto da liberdade. Mas nao, nao falam de Belem, falam de uma coisa que aterrou em Alcochete. Mundo pequenino, esse.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Belém. Meia dúzia de linhas em linha lenta

por Miguel Marujo, em 28.01.09
A net continua à velocidade da pedra, o calor pega-se à pele, os corpos denunciam-no, a chuva vem rigorosa pela tarde, às 15h/16h, os mosquitos roubam-nos a paciência, o Fórum é uma amálgama de gentes, ideias e vontades, Belém tem um charme dolente, a saudade impregna-se em edifícios velhos, Jesus é sucesso gritam carros de vidros fumados, a polícia mostra-se muito no meio de moleques, a manga chega ao porto em horas de viagem, urubus esvoaçam os restos do mercado, o eléctrico que parece só existir em carris e sinais, a Rua de Aveiro que existe no mapa, mas que não vi. Belém entranha-se.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Até já, ou até um próximo post

por Miguel Marujo, em 24.01.09

Em Belém.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O mundo desagua em Belém

por Miguel Marujo, em 24.01.09

Um convite inesperado e o ok do jornal leva-me nos próximos dias à foz do Amazonas. Parece que terei lá Lula, Morales, Chávez ou Lugo (a acompanhar-me, what else), e a nossa direita vai aproveitar para zurzir no folclore, esquecendo que ali germinaram muitas ideias interessantes. A ver se trarei coisas que valham a pena. Aqui. E nas páginas do jornal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/5





Seguir

foto do autor


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D


Links

KO! [EM DESTAQUE]

  •  
  • OS QUE LINKAM A...

  •  
  • MUITO CÁ DE TODOS OS DIAS

  •  
  • CÁ DA CASA TUDO PARADO

  •  
  • MUITO CÁ DO PRÉDIO

  •  
  • MUITO CÁ DO BAIRRO

  •  
  • ESPECIALISTAS [CINEMÚSICA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [COMUNICAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [ESCRITA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HISTÓRIA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [FOTOGRAFIA+ILUSTRAÇÃO]

  •  
  • ESPECIALISTAS [IGREJA]

  •  
  • ESPECIALISTAS [HUMOR]

  •  
  • ESPECIALISTAS [SABERES]

  •  
  • PARA DESCOBRIR

  •  
  • FORA DOS BLOGUES





    Sitemeter